Enquete

Qual sua percpectiva para o ano de 2017?

CAPS

 

O QUE É O CAPS?

 

É um lugar de referência e tratamento para pessoas que sofrem com transtornos mentais, dependência química, psicoses, neuroses graves e demais quadros, cuja severidade e/ou persistência justifiquem sua permanência num dispositivo de cuidado intensivo, comunitário, personalizado e promotor de vida.

O objetivo dos CAPS é oferecer atendimento à população de sua área de abrangência, realizando o acompanhamento clínico e a reinserção social dos usuários pelo acesso ao trabalho, lazer, exercício dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários. É um serviço de atendimento de saúde mental criado para ser substitutivo às internações em hospitais psiquiátricos.

 

QUEM PODE SER ATENDIDO NOS CAPS?

 

As pessoas atendidas nos CAPS são aquelas que apresentam intenso sofrimento psíquico, que lhes impossibilita de viver e realizar seus projetos de vida. São, preferencialmente, pessoas com transtornos mentais severos e/ou persistentes, ou seja, pessoas com grave comprometimento psíquico, incluindo os transtornos relacionados às substâncias psicoativas (álcool e outras drogas) e também crianças e adolescentes com transtornos mentais.

Os usuários do CAPS podem ter tido uma longa história de internações psiquiátricas, podem nunca ter sido internados ou podem já ter sido atendidos em outros serviços de saúde (ambulatório, hospital-dia, consultórios etc.).

 

COMO SE FAZ PARA SER ATENDIDO NOS CAPS?

 

Para ser atendido no CAPS pode-se procurar diretamente esse serviço ou ser encaminhado pelo Programa de Saúde da Família ou por qualquer serviço de saúde. Até um familiar ou vizinho pode acionar o CAPS, caso conheça alguém que sofra de algum transtorno mental ou uso/abuso de álcool e drogas.

 

 

QUAIS ATIVIDADES TERAPÊUTICAS O CAPS PODE OFERECER?

 

Algumas dessas atividades são feitas em grupo, outras são individuais, outras destinadas às famílias, outras são comunitárias. Quando uma pessoa é atendida em um CAPS, ela tem acesso a vários recursos terapêuticos:

Atendimento individual: prescrição de medicamentos, psicoterapia, orientação;

• Atendimento em grupo: oficinas terapêuticas, oficinas expressivas, oficinas culturais, grupos terapêuticos, atividades esportivas, atividades de suporte social, grupos de leitura e debate;

• Atendimento para a família: atendimento nuclear e a grupo de familiares, atendimento individualizado a familiares, visitas domiciliares, atividades de lazer com familiares;

• Atividades comunitárias: atividades desenvolvidas em conjunto com outras instituições existentes na comunidade, que têm como objetivo as trocas sociais, a integração do serviço e do usuário com a família, a comunidade e a sociedade em geral.

Reuniões de Organização do Serviço: a reunião é um instrumento importante para o efetivo funcionamento dos CAPS como um lugar de convivência. Discutem-se os problemas e sugestões sobre a convivência, as atividades e a organização do CAPS, ajudando a melhorar o atendimento oferecido.

 

 

QUAIS OS DIAS E HORÁRIOS DE FUNCIONAMENTO DOS CAPS?

De segunda a sexta-feira, a partir das 08:00 horas da manhã.

 

EQUIPE  DE TRABALHO DO CAPS

Médico Psiquiatra: Dr. Bruno Ferreira Aires

Enfermeira: Bárbara Aparecida Carneiro Santos Titonelli

Assistente Social: Nínive Nogueira Simões

Assistente Administrativo: Sandra Maria de Paula Nogueira

Psicóloga: Shusana Aparecida Berardi Alvim

Artesã: Josiane Freitas de Castro

Auxiliar Geral: Gilssane de Souza Oliveira

Previsão do Tempo

                      

Quem está online

Temos 13 visitantes e Nenhum membro online